Advogada deixa carreira para escrever sobre viagens

Dona do site Magari Blu conta como deixou a advocacia de lado para se dedicar a escrever

Por Redação Você S/A

Ana Maria Junqueira, fundadora da agência de viagens virtual Magari Blu | <i>Crédito: Divulgação/Corey Warren
Ana Maria Junqueira, fundadora da agência de viagens virtual Magari Blu | Crédito: Divulgação/Corey Warren
A paulistana Ana Maria Junqueira, de 31 anos, teve uma carreira padrão. Formada em direito, fez tudo o que estava no script: estágio em escritório renomado, aprovação no exame da OAB e mestrado no exterior. E foi a última etapa dessa trajetória tradicional que revolucionou a sua vida. 

Em 2011, Ana Maria passou uma temporada na Itália como mestranda na Universidade de Roma. O intuito era estudar direito do consumidor e conhecer o velho continente. “Nas horas vagas, criei um blog contando sobre minha experiência como turista”, diz Ana Maria. 

Leia mais

Quando voltou ao Brasil, em 2012, a audiência do blog crescia. “Percebi que essa era minha vocação.” Embora uma advogada competente, ela não tinha a paixão pelo direito – o que fazia com que seus olhos brilhassem era escrever. 

“Comecei a pensar na transição de carreira. Poupei dinheiro, conversei com meus pais e meu namorado e levei um ano até me demitir do escritório e me dedicar à internet.” A interação com os internautas a fez ter outra ideia: fundar uma agência de viagens virtual, a Magari Blu. “Eles me pediam roteiros personalizados e gostei de fazer. Hoje tenho dois negócios: o site sobre turismo e a agência. Dá trabalho, mas sou feliz.” 


Esta matéria foi publicada originalmente na edição 211 da revista Você S/A com o título "De malas prontas"

Você S/A | Edição 211 | Fevereiro de 2016 

06/05/2016 - 11:24

Você S/A nas redes

Coleção CARAS