Sites e aplicativos podem te ajudar a economizar e fazer seu dinheiro render mais

Conheça alguns sites e aplicativos que ajudam o consumidor a obter descontos e até a recuperar dinheiro gasto nas suas compras

Colaborou Yahisbel Adames

Como encontrar uma maneira de economizar sem realizar cortes bruscos que afetem a qualidade de vida? | <i>Crédito: Pexels
Como encontrar uma maneira de economizar sem realizar cortes bruscos que afetem a qualidade de vida? | Crédito: Pexels
Por conta da crise econômica, os brasileiros têm precisado descobrir meios de fazer mais com menos. De um lado, a alta dos preços dos itens de consumo básico faz o dinheiro perder poder de compra. A análise do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mostra que, no acumulado dos últimos 12 meses, a inflação chegou à marca dos 8,74%. De outro, o desafio é fazer render um salário em queda. De acordo com a PNAD Contínua, do IBGE, entre abril e junho deste ano o salário médio do trabalhador brasileiro teve queda de 4,2% na comparação com o mesmo trimestre de 2015. Mas como encontrar uma maneira de economizar sem realizar cortes bruscos que afetem a qualidade de vida?

Uma saída podem ser os sites e aplicativos que ajudam os usuários a poupar, trocar pontos por premiações ou que devolvem parte do dinheiro gasto em compras. Um exemplo desta última proposta é o Méliuz, plataforma online que, em parceria com cerca de 2 000 marcas (como O Boticário e Netshoes), já devolveu mais de 18 milhões de reais ao seu 1,5 milhão de clientes cadastrados. "Queríamos melhorar os programas de fidelidade das marcas criando um sistema que deixasse de lado a burocracia da troca de pontos e a preocupação com a validade das promoções", afirma Israel Salmen, cofundador da startup. A seguir, confira mais informações sobre este e outros sites em uma lista preparada por VOCÊ S/A com dispositivos que prometem ajudar os consumidores na missão de fazer seu dinheiro render mais.

Download de promoções

Entenda como funcionam as plataformas que prometem recompensas financeiras e preços menores nas suas compras:

1. Méliuz
Tipo de plataforma: https://www.meliuz.com.br/

O que promete: devolver ao consumidor parte do valor gasto em compras direto em sua conta bancária, em um esquema chamado de "cashback". Lojas parceiras como Nike, Adidas, TAM, Walmart e Submarino pagam para anunciar no site, e toda vez que o cliente faz uma compra na plataforma, a MÉLIUZ divide com o cliente parte da comissão recebida.

Como funciona: após se cadastrar gratuitamente no site, o cliente procura a marca que deseja, clica na opção "ativar e ir para a loja" e faz a compra normalmente. O valor a ser recebido aparece nUM extrato, na conta de usuário, como "pendente". A cada 20 reais acumulados, o cliente pode resgatar o dinheiro, transferido para a sua conta-corrente.

2. Cheftime
Tipo de plataforma: https://www.cheftime.com.br

O que promete: entrega em domicílio de receitas de chefs renomados, com todos os ingredientes, na medida exata para cozinhar pratos para duas, quatro ou mais pessoas. É uma alternativa para quem quer comer bem, sem gastar muito com restaurante. O kit para duas pessoas, por exemplo, sai por 79,90 reais (sem contar o frete de 14,90 reais), ou 39,95 reais por pessoa. segundo a Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador, a média de preço da refeição em restaurantes à la carte no Brasil é de 60,96 reais.

Como funciona: o usuário pode pedir kits avulsos pelo site, escolhendo o prato da semana ou outras duas opções. com a assinatura semanal, pode pedir uma receita diferente por semana, sem pagar frete. Com o plano fidelidade, quanto mais kits receber, maiores as vantagens (como descontos e brindes).

3. PiggyPeg
Tipo de plataforma: app para Android e iOS

O que promete: atrair os consumidores aos pontos de venda e recompensá-los pela visita ou compra nas lojas parceiras. São mais de 200 estabelecimentos credenciados, como Fast Shop, Chilli Beans, Marisa e Lupo.

Como funciona: no app, o usuário confere as lojas parceiras pelo mapa, que indica a distância do estabelecimento e o valor, em dinheiro, da recompensa oferecida. Na loja, o usuário faz uma leitura do código (QR Code) em exposição no local para faturar sua recompensa. ao realizar uma compra, é preciso tirar uma foto da nota fiscal e enviar ao app. A cada 20 reais acumulados, o cliente pode resgatar o saldo, depositado na conta-corrente cadastrada.

4. Cuponeria
Tipo de plataforma: app para iOS e Android e site http://www.cuponeria.com.br/

O que promete: permite ao consumidor obter gratuitamente cupons de desconto que proporcionam reduções de até 60% nos preços dos produtos adquiridos em supermercados, restaurantes e salões de beleza.

Como funciona: após realizar o cadastro na plataforma, o cliente escolhe uma das ofertas e clica em "pegar cupom". O desconto é direcionado à sua carteira de cupons no aplicativo ou ao e-mail do usuário, que, para usar o cupom, deve apresentá-lo impresso ou no smartphone quando chegar ao estabelecimento escolhido. se a compra for feita numa loja online, o consumidor precisa copiar o código do cupom e colar no campo adequado no momento de finalizar a compra. depois, é só aproveitar o desconto.

5. Zoom
Tipo de plataforma: app para iOS e Android e site https://www.zoom.com.br/

O que promete: o aplicativo comparao custo de um mesmo produto em diversos estabelecimentos, além demostrar os itens com queda de preço para, assim, proporcionar ao consumidor uma economia de até 80% na compra.

Como funciona: o usuário pode pesquisar os preços do produto no campo de busca da plataforma ou usando a função de leitura de código de barras. Ao apontar para o código e apertar o botão "escanear", o app mostra os preços daquele item em uma variedade de lojas. Existe, ainda, a opção de criar um alerta de preços para o usuário ser informado sobre os melhores descontos e promoções.

6. Bonuz

Tipo de plataforma: app para Android e iOS

O que promete: dispositivo de fidelidade pelo qual o usuário,após cadastrar compras feitas em um dos 1 300 pontos de venda parceiros, como Domino¿s Pizza e Spoleto, recebe refeições gratuitas.

Como funciona: ao tirar fotos das notas fiscais recebidas após uma compra em algum dos restaurantes credenciados, o cliente acumula selos que podem ser trocados por recompensas. As notas levam em média 48 horas para serem aprovadas como selos.Quando acumula a quantidade de selos que a marca exige para realizar o resgate, o cliente precisa ir até a loja participante, pedir a senha de resgate e mostrar o celular para o funcionário com a aprovação do pedido. Os selos possuem validade individual de 60 dias.


Esta matéria foi publicada originalmente na edição 218 da revista Você S/A com o título "Economia na ponta dos dedos" e pode conter informações desatualizadas

Você S/A | Edição 218 | Setembro de 2016 

02/12/2016 - 12:07

Você S/A nas redes

Coleção CARAS