Olimpíada incentiva gamificação dos negócios

Algumas empresas têm utilizado os mesmos princípios dos jogos para garantir o engajamento dos colaboradores com projetos e iniciativas

*Por Luiz Alberto Ferla

Olimpíadas Rio 2016 | <i>Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil
Olimpíadas Rio 2016 | Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil
Com a Olimpíada acontecendo no Brasil, todas as atenções estão voltadas para o Rio de Janeiro, onde 11 mil atletas, de 200 países, disputam 928 medalhas, em 42 esportes olímpicos. E boa parte do engajamento das pessoas com o evento deve-se ao efeito que a competição provocada pelos jogos tem sobre os indivíduos.

Algumas empresas têm utilizado esses mesmos princípios dos jogos para garantir o engajamento dos colaboradores com projetos e iniciativas, melhorando assim os resultados do negócio. O conceito, conhecido como gamification – ou gamificação, em português –, utiliza técnicas de jogos no ambiente corporativo para motivar e direcionar o comportamento das pessoas, por meio de desafios e prêmios voltados a atingir objetivos.

Para as empresas que querem experimentar esse conceito, nada melhor do que aproveitar o espírito olímpico para implementar um projeto de gamification. O segredo para o sucesso das iniciativas está em, a partir de um desafio de negócio, traçar uma clara estratégia voltada a atingir melhores resultados e definir os elementos corretos para a motivação dos colaboradores e das equipes.

O caminho dos processos bem-sucedidos de gamification envolve três passos: identificar os colaboradores e entendê-los, para verificar quais as questões que podem motivá-los a atingir os objetivos; qual o comportamento desses indivíduos, para tentar direcioná-los de forma correta; e aplicar os elementos corretos de gamificação, baseado no perfil das pessoas que precisam ser impactadas e seus comportamentos.

Engana-se, no entanto, quem pensa que a utilização de jogos representa algo novo nas empresas. Os ambientes corporativos já estimulam, de forma natural, alguns comportamentos associados a esse conceito dos games, como a competição, trabalho em equipe, colaboração e prêmios. O que a gamification fez foi trazer uma abordagem científica e sistematizada para potencializar os resultados que podem ser obtidos com esse estímulo de comportamentos adequados das equipes.

Além disso, a gamificação permite o monitoramento em tempo real de resultados, na medida em que durante os jogos os colaboradores e as equipes conseguem monitorar seu desempenho e, se necessário, fazem mudanças nas estratégias voltadas a atingir o objetivo final.

Pesquisas já indicam que as empresas que utilizam gamification têm 50% de aumento na fidelidade dos clientes, 85% de incremento na taxa de conclusão de treinamentos e 70% de acréscimo no engajamento dos colaboradores.
E sua empresa, está preparada para gamificar os negócios?

*Este artigo é de autoria de Luiz Alberto Ferla, CEO do DOT digital group, e não representa necessariamente a opinião da revista

19/08/2016 - 09:00

Você S/A nas redes

Coleção CARAS